Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sem Sentido

Um blogue sem sentido... de humor!

20
Out17

Comprar casa?! Só se for depois de a arrendar durante três anos... – Parte 2/2

Bens imóveis.jpg

 

Depois de uma primeira parte que, muito provavelmente, deixou muito boa gente a pensar se deve arrendar casa antes de a comprar – se ainda não a leram (ou já leram, mas já se esqueceram), cliquem na hiperligação acima, a vermelho, e (re)leiam-na antes de lerem o texto que se segue –, eis que chega o momento de contar a segunda parte de uma história real que, certamente, vai deixar muita gente a pensar se vale a pena comprar casa em vez de arrendar.

 

 

data-mobile="true">
18
Out17

Comprar casa?! Só se for depois de a arrendar durante três anos... – Parte 1/2

Bens imóveis.jpg

 

Já diz o povo que «quem casa quer casa» e eu, que casei há pouco mais de 3 anos, não fui exceção. E ainda não tinha casado e já andava à procura de casa, não para comprar, mas para arrendar.

 

Porquê arrendar e não comprar?!

 

Primeiro, porque nem eu nem a minha esposa tínhamos dinheiro suficiente; segundo, porque apesar de eu ter a certeza de que o banco nos emprestaria o dinheiro necessário, nunca me agradou a ideia de viver endividado o resto da minha vida com a obrigação de pagar uma coisa que mais tarde posso já não querer, até porque, regra geral, quando se deixa de pagar uma casa ao banco por razões de força maior, perde-se a casa, mas tem-se de continuar a pagá-la, ao passo que, quando se deixa de pagar uma casa ao senhorio, seja por que razão for, perde-se a casa, mas não se tem a obrigação de continuar a pagar por uma coisa que já não se usufrui; terceiro, porque há fatores importantes que eu valorizo numa casa que só depois de eu viver nela durante algum tempo é que eu consigo perceber se é mesmo naquela casa que eu quero viver o resto da minha vida.

 

E se estão interessados em saber quais são esses factores, leiam o texto que se segue até o fim e pensem duas vezes quando estiverem a pensar comprar casa.

  

 

data-mobile="true">
22
Ago17

Noites complicadas, dias difíceis e... vizinhos!

Vizinhos.jpg

 

Sabem aqueles dias em que vão para a cama mais cedo, para dormir, porque querem acordar bem-dispostos e cheios de força para ir correr – ou fazer outra coisa qualquer – no dia seguinte, bem cedo, mas que acabam por dormir menos do que os putos que saem à noite e já só chegam pela manhã?

 

Há duas semanas foi assim:

 

Era meia-noite, já eu tinha adormecido, quando a vizinha do lado começou a gritar com uma pedinte – alcoólica, coitada, a quem a vizinha costumava dar cigarros – que, segundo o que eu percebi, lhe tinha entrado pelo pátio adentro para lhe roubar um lençol.

 

 

data-mobile="true">

Sigam-me

Subscrever blogue

Subscrever...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

YouTube

Água no bico

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2017
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
Blogs Portugal