Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Sem Sentido

Um blogue sem sentido... de humor!

03
Mai19

As histórias de um pai e de uma mãe que não sabiam contar histórias...

Histórias infantis.jpg

 

Cá em casa, acabaram-se os gritos e as palmadas. Sempre que eu e a minha esposa queremos que a nossa filhota nos obedeça sem fazer birras, contamos-lhe uma história. É uma história para comer a sopa, uma história para dormir, uma história para tomar banho,... Enfim, histórias para tudo e mais alguma coisa, todas elas com uma particularidade: são improvisadas. As histórias têm tido tão bom resultado que eu já só penso em publicar um livro. Até já tenho um título e tudo: As histórias de um pai e de uma mãe que não sabiam contar histórias!

 

 

data-mobile="true">
08
Abr19

Filho, o que é que tu queres fazer na tua infância?

Sonhos de infância.jpg

 

Em Portugal, há agências de modelos e empresas de castings que aliciam crianças a entrarem no mundo da moda e da televisão com um único propósito: extorquir dinheiro aos pais dessas mesmas crianças. Os pais pagam centenas e centenas de euros por books fotográficos e formações para representação, mas a garantia de que os seus filhos seriam modelos e/ou participariam em séries ou até mesmo em novelas da TVI não passa de uma burla. Em Portugal, há agências de modelos e empresas de castings que vendem sonhos, mas os pais compram ilusões, as ilusões de que poderiam ganhar muito dinheiro com os seus filhos!

 

 

data-mobile="true">
14
Ago18

Socorro, a minha filhota está sem fralda...

Desfralde.jpg

 

A minha filhota tem menos de dois anos, mas já só faz cocó e chichi no bacio. Como é que eu consegui?! Violando algumas regras e contrariando todos os mitos, nomeadamente «o desfralde deve ser feito depois dos dois anos, que é quando os bebés começam a ter alguma maturidade», «o desfralde deve ser feito na escola, por quem sabe», «no início, é necessário forrar a casa e o carro com plásticos» e «não se deve ralhar com a criança quando a ela faz chichi e/ou cocó na roupa e/ou no chão».

 

 

data-mobile="true">
10
Jul18

Eu já quase morri... por várias vezes!

Experiências de quase morte.jpg

 

A propósito do resgate das crianças tailandesas, lembrei-me de alguns episódios que marcaram a minha infância e que poderiam ter tido um desfecho bem menos feliz do que o daquelas crianças. Quero dizer, mais ou menos. De entre os principais episódios que marcaram a minha infância, destaque para aqueles que mais colocaram a minha vida em risco, nem que fosse só pela tareia que eu apanharia caso a minha mãe descobrisse o sucedido. Na verdade, tivesse eu nascido gato e já não tinha mais vidas.

 

 

data-mobile="true">
26
Nov17

A inocência das crianças já não é o que era...

Crianças.jpg

 

Ainda me lembro de ter nove anos e de nada saber sobre sexo, nem sequer saber de onde vinham os bebés. A minha mãe fez sempre questão de me dizer que me encontrou num cestinho, num rio, e eu, mesmo sabendo que não existiam rios na Madeira e que os cestos eram artefactos de vime ou de varas entrançadas que não boiavam e que muito facilmente se afundavam na água, nunca a confrontei sobre este assunto. Digamos que, nesta idade, o que menos me interessava era saber de onde vinham os bebés ou como eles eram feitos.

 

 

data-mobile="true">
12
Nov17

Carnes que vêm dos animais?! Que nojo...

Animais comestíveis.jpg

 

Tenho um sobrinho que só ontem ficou a saber que a "carne-de-vaca" vem da vaca, a "carne-de-porco" vem do porco e que a "carne-de-galinha" vem da galinha. Ele tem 7 anos e já está na segunda classe, vejam só.

 

[Eu só hifenizei as palavras para que seja mais fácil a leitura e a identificação das palavras, pois, na verdade, eu acho que ele pensava que as palavras se escreviam todas juntas, formando uma única palavra. Foi a única explicação plausível que eu encontrei para ele só agora ter percebido de onde vêm estas carnes.]

 

De onde é que ele pensava que vinham estas carnes que ele tanto come e adora?!

 

 

data-mobile="true">
14
Set17

A (HIPER)sensibilidade dos pais... (hiper)sensibiliza-me!

Regresso às aulas.jpg

 

Se há algo que é bastante notório no comportamento dos pais de hoje em dia é, sem dúvida, a sua preocupação crescente para com o bem-estar dos seus filhos. Desde cedo, os pais preocupam-se em dar aos seus filhos a melhor chucha, a melhor fralda, a melhor roupa, o melhor calçado, os melhores brinquedos e, já numa fase mais crescida, a melhor educação. A melhor educação que, obviamente, não é, nem nunca será, em casa, mas sim numa escola privada. De preferência, e se possível, na escola privada mais cara, porque é certamente na mais cara que estão as pessoas mais bem formadas para oferecerem a melhor educação e formação aos seus filhos.

 

[Se, por motivos financeiros, não lhe for possível colocar o seu filho numa escola privada, faça como os outros: vá para a rua contestar as medidas do Governo e reivindicar mais subsídios estatais para as escolas privadas.]

 

E é sobretudo nas escolas privadas – e no regresso às aulas – que eu vejo até onde vai a preocupação dos pais: vai, literalmente, até o portão da escola.

 

 

data-mobile="true">
30
Jul17

Se te portas mal... ofereço-te um "tablet"!

Tablets.jpg

 

Já repararam na educação que os pais oferecem atualmente aos filhos?

 

Para mim, uma educação cada vez mais incompreensível, não no sentido pejorativo, claro, mas no sentido de ser necessário estar em constante atualização para a compreender. São versões atrás de versões que nunca mais acabam e que não estão ao alcance da inteligência – e do bolso também – de um qualquer pai/mãe e/ou professor, até porque a maioria é já do século passado e não entende muito bem isto do funcionamento das novas tecnologias, nomeadamente de tábletes. Sim, TÁBLETES, aqueles aparelhos eletrónicos que dispõem de inúmeras funcionalidades educativas que fazem das nossas crianças cada vez mais seres humanos sobredotados e autodidáticos.

  

 

data-mobile="true">

Sigam-me

Subscrever blogue

Subscrever...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

Vídeos

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D