Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sem Sentido

Um blogue sem sentido... de humor!

24
Nov17

Black Friday: A queda de um mito!

Black Friday.jpg

 

Ora, vamos lá ver se, de uma vez por todas, fazemos cair um dos principais mitos que se criou nos últimos anos em torno da Black Friday: que os grandes descontos resultam do aumento dos preços que as lojas fizeram na noite anterior!

 

Não é que a afirmação anterior seja totalmente falsa, mas também não se pode dizer que é totalmente verdadeira, e uma afirmação que é falsa para uma parte e verdadeira para outra será sempre falsa para o todo. Pelo menos aprendi assim na escola, na disciplina de filosofia.

 

Para as pequenas empresas que são geridas por pessoas com pouca formação e sem grande visão para o negócio, a afirmação acima até pode ser verdade, mas para as grandes empresas, detentoras de grandes marcas, a mim parece-me que a afirmação não passa de uma fraude.

 

E é neste sentido que eu acho que os alertas dos meios de comunicação sobre as eventuais "armadilhas" e os "falsos descontos" da Black Friday têm tanto de benéfico como de prejudicial para os consumidores, pois se, por um lado, têm o efeito de denunciar as práticas desonestas dos donos e colaboradores de algumas empresas, por outro, têm o efeito adverso de informar todos os outros sobre as práticas desonestas que podem usar para enganarem os consumidores neste dia tão aguardado. No fundo, é como alertar a população em geral para o perigo de qualquer pessoa poder muito facilmente fazer uma bomba caseira ou uma pistola de papel e haver terroristas que não o sabiam.

 

Mas então, se os responsáveis pelas grandes marcas não se deixam levar por práticas desonestas, como é que eles conseguem praticar descontos tão elevados na Black Friday sem terem grandes prejuízos?

 

Simples: colocando preços elevados nos artigos quando os mesmos são etiquetados pela primeira vez.

 

– O fabrico deste par de calças custou-nos cerca de 5 euros no Bangladesh. Vamos vender por quanto?

 

– É pá, não sei. Comecemos por 150 euros e logo vemos como é que os consumidores se comportam. Se o stock dessas calças não se esgotar nas próximas semanas, fazemos uma promoção de 50% na Black Friday e esgotamo-lo em poucos instantes. Não se esqueçam de mandar roupa de borla para os blogueiros mais famosos que eles ficam todos contentes e tratam de fazer publicidade sem lhes termos de pagar mais por isso.

 

Feita a devida publicidade às grandes marcas, resta-me agora aguardar pelas grandes ofertas. Só vos peço é que não me enviem daquelas calças da moda que ficam apertadas nas pernas e deixam o tornozelo ficar à mostra. Digamos que não fazem o meu género! 

 

Sigam-me

Subscrever blogue

Subscrever...

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Facebook

YouTube

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D